Entenda o impacto dos vícios nos seus dentes

Quando se fala da saúde dos dentes, muito se discute em relação aos cuidados, vícios e fatores que podem prejudicar a camada de esmalte dos dentes, as raízes, entre outras estruturas das quais podem precisar de tratamentos contínuos.

Especialistas em odontologia mencionam a dimensão de danos causados pelo alto consumo de açúcar, álcool, produtos contendo tabaco, entre outros compostos causadores de dependência.

Conheça mais sobre o impacto dos vícios na saúde dos dentes.

O que são vícios?

Uma das concepções mais erradas em relação aos vícios é aquele relacionado à questão química: nem toda dependência está diretamente ligada ao consumo de drogas ilícitas. Açúcar, álcool e tabaco também se incluem nessa lista.

De acordo com especialistas do Hospital Santa Mônica, o corpo e a mente funcionam como um só na manutenção e controle das sensações de recompensa e manutenções de dependências, quando desequilibrados constitui o vício.

Para descrever de forma biológica, o cérebro produz e libera diferentes substâncias para o corpo, quando determinadas substâncias são consumidas ou ações consumadas, elas promovem uma sensação de satisfação e bem-estar.

Diferentes cérebros produzem neurotransmissores (adrenalina, serotonina e dopamina), quando essa sensação de bem-estar e excitação excessiva se torna constante e uma necessidade, ela pode ser classificada como um vício.

Além de prejudicar a recepção e neurotransmissão química no cérebro, isso pode também afetar a saúde dos dentes.

Por açúcar e doces também estarem incluídos entre os maiores vícios, seu consumo não moderado pode afetar a arcada dentária.

Seja após a troca dos dentes de leite, dependendo da dimensão dos danos, cáries podem chegar aos dentes permanentes e pedir por restaurações desde cedo em visitas com períodos menores ao dentista infantil.

Por isso tudo deve ser consumido conscientemente, moderadamente e com consultas periódicas às diversas especialidades médicas. Sua prioridade deve ser sempre a saúde física, mental e dental.

Quais os principais impactos dos vícios na saúde odontológica?

Determinados vícios causam maiores problemas do que outros, ou são mais difíceis de tratar. Independentemente, o consumo excessivo de substâncias impacta na integridade da saúde odontológica, causando os seguintes problemas: 

  1. Dentes fracos e com sensibilidade

O vício em produtos à base de tabaco e álcool podem ser grandes causadores de danos à saúde dos dentes.

Pela alta acidez em sua composição, elas podem acabar dissolvendo ou corroendo a camada de cálcio que protege os nervos dos dentes e impede que fiquem expostos ao atrito.

Como principal efeito, essa estrutura se torna fraca, trazendo  a sensação de sensibilidade e dor ao ingerir alimentos e bebidas, dos quais entram em contato direto com os dentes durante a ingestão e mastigação.

Doces e doses altas de açúcar podem também causar sensibilidade e dor, principalmente quando o esmalte está corroído pela escovação errada ou esporádica.

  1. Cáries

Um dos problemas mais comuns relacionados à saúde dos dentes são as cáries. Elas podem surgir em dentes de leite ou permanentes, dependendo do cuidado tomado ao longo da vida.

Elas são causadas por bactérias responsáveis por fermentar o açúcar, o que faz surgir cáries das quais libera um tipo de ácido que corroem o esmalte, estrutura do dente, nervos e podendo chegar à raiz através de cavidades.

A presença de cáries nos dentes gera dores, por fazer com que a dentina fique exposta. Quando chega na polpa dos dentes, é comum criar abscessos e provocar a inflamação. Nesse último estágio mencionado, o canal é recomendado para salvar os dentes.

Além disso, bebidas alcoólicas com muito açúcar também podem causar cáries e como o tabaco enfraquece os dentes, o vício em ambas as substâncias gera danos irreversíveis aos dentes. 

Para isso pode se questionar a possibilidade de tratamentos e meios realizados por dentistas.

Em relação à quanto custa restauração de dente com porcelana, por exemplo, consulte seu dentista de confiança e faça um orçamento.

  1. Perda do esmalte dentário

Ingerir doces demais, álcool e tabaco em excesso, além de roer tampas de caneta e unhas, morder pedaços de plástico, podem gerar a perda do esmalte dentário (a camada de cálcio nos dentes), tornando mais fácil o surgimento de cáries e corrosão dos dentes.

Outro impacto dos vícios no esmalte dentário está relacionado às manchas nos dentes, muito causada pelo tabagismo.

Muitas pessoas podem se perguntar sobre a lente de contato dental quanto custa, e isso pode ser respondido por profissionais especializados em clínicas.

  1. Mau hálito

A halitose pode ser causada pela desidratação do corpo ao consumir altas doses de álcool, ou consumo excessivo de tabaco através de cigarros e charutos.

Isso faz com que organismos se proliferem com maior intensidade na boca, gerando o mau hálito.

  1. Periodontite

O vício em tabaco é um dos principais causadores de periodontites. De acordo com informações divulgadas pelo portal Dentalis, o hábito tabagista eleva em três vezes o risco de desenvolvimento desse tipo de problema.

Isso ocorre pois acaba reduzindo a irrigação sanguínea nas gengivas, as tornando pálidas e com menor inflamação (no sentido de preenchimento dos vasos sanguíneos).

Mulher foto criado por nakaridore – br.freepik.com

Tratamentos recomendados para dentes prejudicados por vícios

Determinados vícios comportamentais (morder canetas, por exemplo) podem afetar a estrutura óssea dos dentes, o que torna necessário o uso de acessórios e ferramentas para correção da mordida ou da forma como os dentes estão dispostos, melhorando a estética. 

Em relação ao aparelho transparente preço, recomenda-se alguns outros procedimentos que podem prevenir danos permanentes à arcada dentária.

Alguns dos procedimentos em questão são:

Lembre-se: a saúde é seu maior bem. A saúde dos dentes pode influenciar em outros sistemas e na autoestima.

Evite excessos e faça consultas periódicas em clínicas odontológicas ou com um dentista de sua confiança.
Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.