Por que procurar um dentista para sua harmonização facial?

A harmonização facial é um conjunto de procedimentos estéticos capaz de promover a harmonia e o equilíbrio estético da face. 

Ela transforma os traços e trata o envelhecimento facial que acontece após a perda da elasticidade da pele e também a queda dos tecidos, dos músculos e da gordura.

Seu foco é levantar a autoestima das pessoas, destacando a beleza deixando-os mais alegres e confiantes através de um grupo de procedimentos não invasivos. 

Embora um cirurgião dentista esteja muito associado a soluções e informações como extração de dente preço, esse procedimento deve ser realizado por um profissional dentista ou cirurgião-dentista que são altamente capacitados, pois conhecem toda a estrutura da cabeça, pescoço, face e buco maxilo do ser humano. 

Para isso, o profissional deve ser especialista em odontologia estética, que estuda a anatomia e características dessa região, pois cada técnica é aplicada de uma forma.

Não há restrições sobre quem pode fazer harmonização facial. Hoje, homens e mulheres procuram um profissional, e o público está cada vez mais jovem.

Conheça os procedimentos realizados pelo especialista:

  • Preenchimento de lábios, mandíbula, queixo e olheiras;
  • Reestruturação e correção do rosto;
  • Redução de rugas e marcas de expressão;
  • Rinomodelação;
  • Afinamento facial;
  • Full Face.

Como funciona a harmonização facial

O paciente deve fazer uma consulta para uma análise facial completa e personalizada, além de estudos da estrutura da face,além de avaliar a pele, queixas e necessidades.

Dessa forma, ele garante a segurança do tratamento e os resultados visando a beleza facial das pessoas. Para alcançar esse objetivo, o especialista usa toxina botulínica, ácido hialurônico e bioestimuladores de colágeno.

O cirurgião usa a técnica de preenchimento a partir da injeção desses produtos para alterar ângulos e projeções da face, tomando todo o cuidado para não exagerar e deixar o rosto com aspecto indesejado.

Conheça os benefícios

O maior benefício da harmonização facial é a elevação da autoestima, através da recuperação dos traços do rosto. Veja todos os benefícios que o tratamento estético traz:

  • Harmonia e simetria para o rosto;
  • Ameniza as linhas de expressão;
  • Retarda os sinais de envelhecimento;
  • Melhora a flacidez cutânea;
  • Procedimento minimamente invasivo;
  • Resultado individualizado.

Com as aplicações, o paciente consegue recuperar o volume perdido e equilibrar as proporções para ter novamente a beleza de seu rosto.

Durante a aplicação do método, o tempo estimado é de 40 minutos. O tempo de duração dos resultados é de até dois anos, considerando o tempo de duração do ácido hialurônico e do botox, esse segundo tem duração média de seis meses.

Procedimentos funcionais e estéticos

Com o avanço da tecnologia na odontologia, as pessoas estão encontrando cada vez mais recursos, na área, para realizar procedimentos desejados que elevam autoestima e a confiança delas para resolverem problemas com a qualidade de vida e socialização.

Procedimentos estéticos como harmonização facial, seja de uma área isolada do rosto ou mesmo full face (procedimento que abrange toda a face), os pacientes conseguem resolver problemas estéticos e funcionais com tratamentos indolores, não complexos e que entregam um resultado rápido e eficaz.

Os aparelhos ortodônticos estão cada vez mais revolucionários e discretos, o que proporciona a resolução de problemas funcionais, como respiração e mastigação, e cuidam deles com total discrição como no caso do aparelho odontologico transparente.

São inúmeras as vantagens que esse tipo de aparelho oferece: mais conforto durante o tratamento, facilidade para a higienização bucal, discrição para quem quer manter a naturalidade do sorriso e menor risco de doenças da boca. 

Para as pessoas mais velhas, a discrição é um dos maiores benefícios, pois nem sempre se sentem muito confortáveis em usar o aparelho fixo. 

Outro aparelho que entrega total discrição durante o tratamento é o aparelho lingual preço. A finalidade é cuidar com a mesma qualidade do aparelho tradicional, no entanto, esse entrega um resultado mais rápido, além de ser fixo na parte interior dos dentes. 

Muito usado por esportistas, como jogadores de futebol e lutadores de boxe, por exemplo, já que esse aparelho diminui os efeitos de grandes impactos na boca.

Para quem sofre com as consequências causadas pelo bruxismo, o aparelho para bruxismo valor é a solução para problemas como dores na mandíbula ou rosto e sensação de dentes moles, além de serem acessíveis. 

Causado, na maioria dos casos, pelo estresse e ansiedade, o bruxismo é um problema que afeta a saúde da boca. O aparelho para bruxismo impossibilita o atrito dos dentes através da inibição dos movimentos involuntários do músculo.

Para quem busca o sorriso perfeito, saber sobre lente de contato dental quanto custa é muito indicado. Ela recupera em pouco tempo a funcionalidade dos dentes, além da autoestima do paciente.

Um sorriso bonito conta muito na hora de se relacionar, seja no trabalho ou nas relações pessoais.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

Saiba 5 motivos para realizar uma boa higiene em sua lente dental

Muitos pacientes que optam por colocar as facetas dentárias, o fazem devido ao grande impacto que a aparência do sorriso tem no cotidiano e na autoestima. No entanto, conciliar a lente dental e higiene bucal pode ser fundamental para a manutenção do procedimento. 

Isso porque, além de manter toda a cavidade oral mais saudável e livre de doenças, a limpeza adequada dos dentes é capaz de aumentar a vida útil dos materiais. Assim, os pacientes podem garantir resultados satisfatórios por mais tempo. 

A lente de contato dental é constituída por facetas ultrafinas de porcelana ou de resina, que são fixadas ao redor dos dentes originais. Essas estruturas servem para corrigir defeitos, como: 

  • Diastemas leves; 
  • Quebras e trincos no esmalte; 
  • Tamanho incompatível dos dentes; 
  • Desalinhamento; 
  • Manchas e escurecimento dental, entre outros. 

Normalmente, elas têm uma duração média de até 20 anos, o que resulta em um custo benefício muito vantajoso para os pacientes. 

Contudo, a negligência com a higienização bucal pode fazer com que as intervenções sejam mais frequentes e o custo do tratamento aumente ainda mais.  

Importância de realizar uma boa higienização das facetas dentais 

Ainda que sejam muito resistentes, a lente de contato dental é bastante delicada e exige uma atenção redobrada com alguns hábitos e costumes do dia a dia. Isso porque, esses equívocos são capazes de comprometer a integridade dos materiais e da aplicação. 

Além disso, a negligência com a higienização das facetas de porcelana é capaz de interferir na saúde dos dentes naturais que ficam embaixo das próteses, impactando todo o organismo dos pacientes. 

Entre os efeitos mais danosos de uma limpeza bucal inadequada, temos: 

  1. Aparecimento de cáries 

A infiltração cariosa é uma das principais consequências do cuidado ineficiente da faceta dentária

Isso porque, ainda que os dentes tenham uma barreira extra de proteção, falhas na cimentação das lentes pode permitir que as bactérias entrem por debaixo das lâminas e afetem o dente natural. 

E devido a própria natureza do procedimento, perceber o desenvolvimento dessa doença pode ser mais dificultado, propiciando o surgimento de complicações que podem exigir a remoção completa das facetas para realização do cuidado necessário.  

  1. Doença periodontal 

Muitas pessoas que utilizam esse tipo de intervenção estética, acabam negligenciando o uso diário do fio dental. Todavia, esse cuidado é a única forma de garantir a limpeza dos sulcos gengivais e a manutenção da saúde das gengivas. 

Assim, as bactérias bucais são capazes de causar a inflamação desses tecidos, se transformando em periodontites severas. 

Essa doença é, por sua vez, responsável pela perda da massa óssea facial, o rompimento das estruturas de sustentação dental e até do edentulismo.  

  1. Atenção com problemas emocionais 

Os cuidados com a saúde dos dentes envolvem também uma atenção redobrada com o surgimento de condições parafuncionais que tenham origem no estresse e na ansiedade, como é o caso bruxismo.  

Isso porque, essa condição que faz os pacientes rangerem os dentes enquanto dormem, pode causar desgastes na porcelana utilizada nas facetas dentárias, causando trincos e até a quebra das estruturas odontológicas.  

Neste caso, o dentista deve ser consultado imediatamente para que seja confeccionado um aparelho transparente que evite a oclusão durante a noite. Isso evita o comprometimento do procedimento e o desenvolvimento de complicações importantes. 

  1. Redução da vida útil 

Desde problemas estruturais até o surgimento de doenças, a falta de higiene de toda a cavidade oral pode causar danos na resistência da cimentação das lâminas, causando a queda das estruturas de porcelana e o comprometimento da durabilidade do produto.  

Isso além de causar grandes inconvenientes para a aparência do paciente, também aumenta o preço total do procedimento, exigindo manutenções mais frequentes e em algumas situações até a recolocação do acessório. 

  1. Comprometimento do brilho  

Tanto a falta de higiene, quanto o uso de produtos impróprios são capazes de prejudicar a integridade das lentes de contato para dentes, que são delicadas e entregam um ótimo resultado para os pacientes que sabem cuidar delas da maneira correta. 

Pois, enquanto as bactérias bucais fazem a boca ficar mais ácida, produtos – como o creme dental clareador – fazem a erosão da porcelana e da resina. Assim, as lentes deixam de ter o aspecto brilhante e agradável, precisando ser trocadas por um novo material.  

Como fazer a higienização das lentes de contato dentais? 

A colocação de uma lente nos dentes traz inúmeros benefícios estéticos e funcionais para os pacientes, sendo um tipo de intervenção capaz de alterar por completo todo o aspecto do sorriso e da beleza geral do rosto.  

Em conjunto com todas essas vantagens, o procedimento também é bastante simples de cuidar e exige pouquíssimas mudanças na rotina das pessoas. Sendo que a higienização é, normalmente, uma das manutenções mais importantes. 

Por isso, é fundamental que os pacientes invistam em uma escovação completa e com o auxílio de uma escova com cerdas macias, ao menos, três vezes ao dia. Além disso, o uso do fio dental e do enxaguante bucal também é crucial. 

Para garantir a durabilidade das estruturas de porcelana é muito necessário que sejam evitados os maus hábitos que podem ser danosos à saúde oral, como abrir embalagens com os dentes ou roer tampas de canetas ou a unha.  

Por fim, uma das melhores maneiras de se certificar do cuidado pleno das facetas cosméticas é realizando visitas regulares com o dentista, para a realização de um exame clínico de toda a cavidade oral e para a efetuação da limpeza profissional.   

O ideal é que essas visitas rotineiras sejam feitas, no máximo, uma vez a cada seis meses.  

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Networkflow, especializada em materiais para network, empreendedorismo e dicas para a saúde e retenção de funcionários.

Entenda o impacto dos vícios nos seus dentes

Quando se fala da saúde dos dentes, muito se discute em relação aos cuidados, vícios e fatores que podem prejudicar a camada de esmalte dos dentes, as raízes, entre outras estruturas das quais podem precisar de tratamentos contínuos.

Especialistas em odontologia mencionam a dimensão de danos causados pelo alto consumo de açúcar, álcool, produtos contendo tabaco, entre outros compostos causadores de dependência.

Conheça mais sobre o impacto dos vícios na saúde dos dentes.

O que são vícios?

Uma das concepções mais erradas em relação aos vícios é aquele relacionado à questão química: nem toda dependência está diretamente ligada ao consumo de drogas ilícitas. Açúcar, álcool e tabaco também se incluem nessa lista.

De acordo com especialistas do Hospital Santa Mônica, o corpo e a mente funcionam como um só na manutenção e controle das sensações de recompensa e manutenções de dependências, quando desequilibrados constitui o vício.

Para descrever de forma biológica, o cérebro produz e libera diferentes substâncias para o corpo, quando determinadas substâncias são consumidas ou ações consumadas, elas promovem uma sensação de satisfação e bem-estar.

Diferentes cérebros produzem neurotransmissores (adrenalina, serotonina e dopamina), quando essa sensação de bem-estar e excitação excessiva se torna constante e uma necessidade, ela pode ser classificada como um vício.

Além de prejudicar a recepção e neurotransmissão química no cérebro, isso pode também afetar a saúde dos dentes.

Por açúcar e doces também estarem incluídos entre os maiores vícios, seu consumo não moderado pode afetar a arcada dentária.

Seja após a troca dos dentes de leite, dependendo da dimensão dos danos, cáries podem chegar aos dentes permanentes e pedir por restaurações desde cedo em visitas com períodos menores ao dentista infantil.

Por isso tudo deve ser consumido conscientemente, moderadamente e com consultas periódicas às diversas especialidades médicas. Sua prioridade deve ser sempre a saúde física, mental e dental.

Quais os principais impactos dos vícios na saúde odontológica?

Determinados vícios causam maiores problemas do que outros, ou são mais difíceis de tratar. Independentemente, o consumo excessivo de substâncias impacta na integridade da saúde odontológica, causando os seguintes problemas: 

  1. Dentes fracos e com sensibilidade

O vício em produtos à base de tabaco e álcool podem ser grandes causadores de danos à saúde dos dentes.

Pela alta acidez em sua composição, elas podem acabar dissolvendo ou corroendo a camada de cálcio que protege os nervos dos dentes e impede que fiquem expostos ao atrito.

Como principal efeito, essa estrutura se torna fraca, trazendo  a sensação de sensibilidade e dor ao ingerir alimentos e bebidas, dos quais entram em contato direto com os dentes durante a ingestão e mastigação.

Doces e doses altas de açúcar podem também causar sensibilidade e dor, principalmente quando o esmalte está corroído pela escovação errada ou esporádica.

  1. Cáries

Um dos problemas mais comuns relacionados à saúde dos dentes são as cáries. Elas podem surgir em dentes de leite ou permanentes, dependendo do cuidado tomado ao longo da vida.

Elas são causadas por bactérias responsáveis por fermentar o açúcar, o que faz surgir cáries das quais libera um tipo de ácido que corroem o esmalte, estrutura do dente, nervos e podendo chegar à raiz através de cavidades.

A presença de cáries nos dentes gera dores, por fazer com que a dentina fique exposta. Quando chega na polpa dos dentes, é comum criar abscessos e provocar a inflamação. Nesse último estágio mencionado, o canal é recomendado para salvar os dentes.

Além disso, bebidas alcoólicas com muito açúcar também podem causar cáries e como o tabaco enfraquece os dentes, o vício em ambas as substâncias gera danos irreversíveis aos dentes. 

Para isso pode se questionar a possibilidade de tratamentos e meios realizados por dentistas.

Em relação à quanto custa restauração de dente com porcelana, por exemplo, consulte seu dentista de confiança e faça um orçamento.

  1. Perda do esmalte dentário

Ingerir doces demais, álcool e tabaco em excesso, além de roer tampas de caneta e unhas, morder pedaços de plástico, podem gerar a perda do esmalte dentário (a camada de cálcio nos dentes), tornando mais fácil o surgimento de cáries e corrosão dos dentes.

Outro impacto dos vícios no esmalte dentário está relacionado às manchas nos dentes, muito causada pelo tabagismo.

Muitas pessoas podem se perguntar sobre a lente de contato dental quanto custa, e isso pode ser respondido por profissionais especializados em clínicas.

  1. Mau hálito

A halitose pode ser causada pela desidratação do corpo ao consumir altas doses de álcool, ou consumo excessivo de tabaco através de cigarros e charutos.

Isso faz com que organismos se proliferem com maior intensidade na boca, gerando o mau hálito.

  1. Periodontite

O vício em tabaco é um dos principais causadores de periodontites. De acordo com informações divulgadas pelo portal Dentalis, o hábito tabagista eleva em três vezes o risco de desenvolvimento desse tipo de problema.

Isso ocorre pois acaba reduzindo a irrigação sanguínea nas gengivas, as tornando pálidas e com menor inflamação (no sentido de preenchimento dos vasos sanguíneos).

Mulher foto criado por nakaridore – br.freepik.com

Tratamentos recomendados para dentes prejudicados por vícios

Determinados vícios comportamentais (morder canetas, por exemplo) podem afetar a estrutura óssea dos dentes, o que torna necessário o uso de acessórios e ferramentas para correção da mordida ou da forma como os dentes estão dispostos, melhorando a estética. 

Em relação ao aparelho transparente preço, recomenda-se alguns outros procedimentos que podem prevenir danos permanentes à arcada dentária.

Alguns dos procedimentos em questão são:

Lembre-se: a saúde é seu maior bem. A saúde dos dentes pode influenciar em outros sistemas e na autoestima.

Evite excessos e faça consultas periódicas em clínicas odontológicas ou com um dentista de sua confiança.
Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

Impactos do consumo excessivo de álcool na saúde bucal

A relação entre o álcool e saúde bucal é muito grande e fácil de notar, pois além de comprometer a integridade e a qualidade das estruturas dentárias, as bebidas alcoólicas também podem originar problemas com toda a aparência do sorriso e bem-estar.

Isso porque, os drinques alcoólicos além de causar o escurecimento do esmalte dentário, também originam diversas patologias que afetam os tecidos da boca, da faringe e da laringe. 

De acordo com o Dental Health Foundation, essa substância faz com que os pacientes que o ingerem tenham 6 vezes mais propensão ao desenvolvimento do câncer.

Assim, o uso de plano empresarial odontologico para a efetuação do acompanhamento médico regular é primordial para as pessoas que têm esse costume.

Como o álcool interfere na saúde bucal?

O álcool é um produto bastante aceito e normalizado nas reuniões sociais. No entanto, o consumo excessivo dessa substância pode ter efeitos bastante nocivos na saúde geral dos pacientes e em toda a cavidade oral.

Assim, seja a cerveja comum, o vinho ou os coquetéis frutados, todas essas bebidas provocam a redução da produção de saliva e o aumento dos níveis de acidez bucal. 

Isso faz com que as bactérias consigam realizar a erosão dental com mais facilidade, trazendo diversos prejuízos para as pessoas.

A saliva tem um papel bastante importante de proteção bucal, pois além de impedir danos aos tecidos moles, também realiza a troca mineral com os dentes, controla as colônias microbianas e ajuda a prevenir o escurecimento dentário.

O uso dos benefícios proporcionados por um plano odontologico para empresas e a realização de rotinas de higienização mais eficientes, pode ajudar com a manutenção de uma boa saúde bucal, mas a redução do consumo desses produtos também é crucial.

Tipos problemas mais recorrentes em pacientes etilistas

Diversos problemas podem ser causados em decorrência do consumo excessivo e constante de bebidas alcoólicas, principalmente, quando esses hábitos são conciliados com deficiências na higienização bucal ou com outros costumes prejudiciais, como o tabagismo.

Entre as condições mais comuns, temos:

Xerostomia

Também conhecida como a sensação de boca seca, a xerostomia é um sintoma causado pela desidratação de todo o organismo, provocada pelo álcool. 

Isso porque, esse tipo de bebida possui uma parte muito pequena de água e, ao mesmo tempo, faz com que o corpo aumente a diurese.

Além disso, o processamento do álcool pelas paredes intestinais atrapalha a absorção natural da água, o que acaba intensificando ainda mais o ressecamento do organismo e de toda a cavidade oral.

Cáries

As cáries são bastante comuns em pacientes que costumam ingerir bebidas alcoólicas com frequência. 

E isso se dá devido à redução da produção salivar, que permite com que esses microrganismos danosos possam se reproduzir e causar a erosão dental com mais facilidade.

Nestes casos, o uso de um plano odontologico pme é fundamental para a realização das restaurações – ou, em casos mais graves, o tratamento de canal – que permitem a remoção do tecido danificado e o impedimento de complicações nos dentes.

Inflamação gengival

A gengivite é um tipo de inflamação gengival mais leve, mas que sem o tratamento adequado, pode se agravar e virar uma periodontite. 

No entanto, essa patologia mais branda é facilmente tratada e tem os resultados reversíveis – ao contrário da sua complicação.

Essa condição é causada pelo acúmulo de bactérias orais no sulco gengival e pelo aumento da acidez da saliva. Ela faz com que o paciente perceba o inchaço do local infectado, sangramentos leves durante a escovação ou o uso do fio dental, tártaro e mau hálito.

Periodontais

A doença periodontal é composta por uma inflamação avançada dos tecidos de sustentação dos dentes, como os ossos maxilares ou mandibulares, os nervos e as gengivas, que compromete a integridade das estruturas e ainda pode causar o edentulismo.

Assim, a realização de consultas frequentes com o dentista – que podem ser facilitadas com o uso de um plano dentario empresarial – é crucial para a manutenção da saúde bucal das pessoas e até mesmo, como forma de manter o bem-estar geral do organismo.

Isso porque, a periodontia permite a transmissão das bactérias bucais para diferentes partes do corpo, fazendo com que o paciente desenvolva doenças sistêmicas graves, como enfermidades cardiovasculares, gastrointestinais, pneumônicas, entre outras.

Hand photo created by wirestock – www.freepik.com

Câncer de boca

O investimento em um plano odontologico para microempreendedor individual, ou qualquer tipo de assistência médica, é fundamental especialmente para os homens que possuem mais de 50 anos e têm o hábito de consumir álcool com frequência.

Isso porque, as feridas cancerígenas na região bucal são encontradas em, ao menos, 70% dos pacientes com essas características. Assim, o diagnóstico precoce é a melhor forma de garantir um tratamento adequado e melhores chances de recuperação.

O câncer de boca aparece como feridas comuns, mas que não são curadas com o auxílio de pomadas ou com a melhora da higienização. Essas lesões podem acometer a:

  • Mucosa oral;
  • Gengivas;
  • Língua;
  • Garganta;
  • Palato duro;
  • Assoalho da boca ou lábios.

O tratamento deve ser feito por meio da intervenção cirúrgica, quimioterapia e/ou radioterapia. Conteúdo desenvolvido pela equipe do Conviva Melhor, blog criado com o intuito de melhorar a saúde e o bem-estar por meio de conteúdos que reforçam a importância dos cuidados regulares.

Telefone Bradesco Dental

Se você precisa saber qual é o telefone Bradesco Dental, está no local certo! Atualmente, muita gente perdeu o hábito de ter agenda, não é mesmo?

Desse modo, não sabem onde encontrar os dados de contato de pessoas, órgãos e até mesmo dos serviços que elas possuem.

Nesse sentido, nosso site sempre busca oferecer essas informações de forma 100% gratuita e com dados seguros.

Enfim, quer saber qual é o telefone Bradesco Dental e mais características desse serviço? Então, acompanhe a matéria de hoje e tenha uma ótima leitura!

Afinal, qual é o telefone Bradesco Dental?

Primeiramente, saiba que o atendimento desse setor é diário e 24 horas por dia. Em resumo, você pode entrar em contato a qualquer hora do dia ou da noite.

Portanto, anote o número, que é o 0800 602 3332. Atualmente, esse contato resolve situações diversas, tais como:

  • Respostas a dúvidas sobre o Bradesco Dental;
  • Serviços de pagamentos diversos do plano;
  • Consultas de locais onde aceitam o seu cartão;
  • Dentre outras informações.

Ressaltamos que se você é deficiente auditivo e/ou de fala, também pode ser atendido(a) corretamente! Para isso, basta ligar no 0800 701 7877.

Nesse sentido, o atendimento segue os mesmos moldes que no setor que citamos acima.

Tive um problema com o Bradesco Dental. E agora?

Antes de mais nada, pedimos sempre que você tente resolver as suas pendências no atendimento comum, o SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor).

Todavia, se a sua demanda não for resolvida e o problema persistir, não se desespere! Assim, pedimos que você entre em contato com a Ouvidoria do Bradesco Saúde.

Esse setor também trata dos problemas relacionados ao Bradesco Dental. Enfim, o número de contato dessa Ouvidoria é o 0800 701 7000.

Por último, sempre indicamos que você guarde os dados do atendimento anterior. Assim, a Ouvidoria consegue entender melhor a sua situação e/ou problema.

Saiba melhor como funciona o Bradesco Dental

Atualmente, o Bradesco oferece através do seu serviço Bradesco Dental vários planos odontológicos.

Assim, os serviços estão disponíveis tanto para pessoas jurídicas (companhias), quanto para pessoas físicas.

Desse modo, cada plano permite que determinado público tenha acesso a dentistas altamente capacitados. Bem como, vários procedimentos são cobertos pelo plano.

Ademais, existem planos tanto para adultos, quanto para crianças e até mesmo para idosos. Em resumo, você e toda a sua família podem cuidar da saúde bucal com preço justo e sem sustos com imprevistos.

Existe o plano Bradesco Dental Empresarial, voltado para empresas que querem investir na saúde e no bem-estar dos colaboradores.

Bem como, planos diversos como o “Dente de Leite”, “Dental Ideal” e o “Dental Júnior”.

Outra super vantagem que notamos nesses planos, é que tudo pode ser gerenciado pelo app Bradesco Saúde. Ou seja, você pode marcar consultas, conferir pagamentos e fazer solicitações apenas com o smartphone.

E aí, anotou o telefone Bradesco Dental?Para sempre ler matérias sobre bancos, fintechs e serviços ao cidadão, acompanhe o nosso site!

Temos prazer em proporcionar aos nossos leitores artigos sobre temas tão relevantes. Assine a nossa newsletter, é totalmente grátis!